área do associado

Alerta sobre diagnóstico

Alerta sobre diagnóstico

Especialista alerta que o diagnóstico tardio pode levar à infertilidade.

No Brasil, uma em cada dez mulheres sofre com a endometriose e 57% das pacientes que procuram ajuda médica têm dores crônicas, segundo dados da Associação Brasileira de Endometriose. Para o médico Eduardo Cândido, membro da diretoria da Associação de Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (Sogimig), o diagnóstico correto e o acompanhamento feito por uma equipe multiprofissional são fatores determinantes no ganho de qualidade de vida da paciente.

Por ser complexa e apresentar sintomas variados, a endometriose deve ser cogitada quando da presença de fortes cólicas menstruais, dor pélvica persistente acima de seis meses e infertilidade. Desta forma, havendo diagnóstico precoce, é possível reduzir os possíveis efeitos da doença que pode ser progressiva e comprometer a qualidade de vida das pacientes. Com origem multifatorial, a doença é um distúrbio que promove o desenvolvimento anormal do tecido endometrial – camada interna do útero – em outras partes do corpo como ovários, tecido que reveste a parte interna do abdome, chamado peritônio e até mesmo, intestinos e bexiga. O tratamento consiste no acompanhamento médico adequado, pela utilização de terapias medicamentosas e cirurgia, a depender do estágio da doença e das características da paciente.

O médico Eduardo Cândido alerta que até 30% das mulheres que chegam ao consultório com queixas de dor crônica na região pélvica podem ter a doença e 50% das pacientes com endometriose, também podem estar inférteis: “o diagnóstico precoce e o correto acompanhamento e tratamento por uma equipe especializada e multiprofissional, podem trazer melhoria da qualidade de vida para a paciente. Até para aquelas que desejam engravidar, é possível se avaliar condições terapêuticas a fim de que se aumentem as chances de uma possível gestação”.

PERGUNTAS FREQUENTES

O que é endometriose?

É a presença de tecido endometrial (tecido que reveste a parte interna do útero e que descama durante o período menstrual) em outros tecidos ou órgãos, que não o interior do útero (ovários; peritônio; intestinos; bexiga, dentre outros).

Quais os principais sintomas da endometriose?

Dor crônica na região pélvica principalmente no período menstrual e nas relações sexuais.

Mulheres com endometriose podem ter dificuldade para engravidar?

Sim, mas o diagnóstico precoce e o tratamento adequado podem tornar a gestação possível.

A endometriose tem tratamento?

Sim. Existem diversos tratamentos a depender do estágio da doença e das características e expectativas da paciente.

SOBRE A SOGIMIG

A Associação de Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais é uma entidade filiada à Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO). Possui cerca de 2.000 associados e trabalha para a atualização científica e para a defesa e a valorização dos profissionais da área.

——————————–

Flávio Amaral

Assessoria de Imprensa Sogimig

(31) 9 9235-9531 | flavio@maisinovacao.com.br

+Inovação | Comunicação e Estratégias Inteligentes

COMPARTILHE
Navegue

Posts Relacionados