login
Primeiro acesso? Clique aqui

Este site foi desenvolvido com tecnologias avançadas para
lhe proporcionar uma experiência incrível.
Infelizmente, este navegador não é suportado

Sugerimos que você use o
Google Chrome para melhores resultados.

‘Otto Cirne’ abriga ‘Arterial’

Durante os meses de dezembro e janeiro, o Espaço Cultural Otto Cirne abriga a mostra ‘Arterial’. Os artistas plásticos Ana Carolina Andreazzi, Christiana Quady, Conrado Almada, Fernando Fonseca, Fernando Medeiros, Gud Assis, Lohuama Lisboa, Marcelo Miranda e Silva, e Mariana Laranjo estampam em telas o aspecto humano da patologia clínica. A exposição marca os 60 anos do Laboratório Geraldo Lustosa.

De acordo com a presidente do conselho administrativo do Laboratório, Eliane Lustosa, ao comemorar seis décadas em 2018, a ideia foi presentear Belo Horizonte com um trabalho onde ciência e arte se encontrassem, e que despertasse nas pessoas uma nova visão sobre a medicina laboratorial: “Com abordagem simples, ‘Arterial’ leva os visitantes ao universo das células e de suas estruturas, a partir de um olhar artístico, educativo e humanista”, explica.

Todos mineiros, os participantes foram selecionados por um edital e separados em duas categorias: Profissional (artistas com reconhecimento público comprovado a partir de currículo, notas e matérias jornalísticas sobre projetos e exposições já realizadas); e Livre (para artistas não profissionais, iniciantes ou que nunca realizaram uma exposição e que utilizam da arte como manifestação livre e complementar). Como desafio, precisaram criar algo lúdico a partir do sangue, principal material biológico utilizado na análise clínica.

Uma comissão julgadora multidisciplinar, designada pelo Laboratório Lustosa, constituída por quatro profissionais das áreas de biologia, medicina e artes, escolheu os artistas que seriam premiados. Os profissionais selecionados receberam uma premiação em dinheiro pelo trabalho desenvolvido. A exposição começou em julho, com uma instalação aberta ao público no Museu Inimá de Paula, no Centro de Belo Horizonte, com visitação de cerca de 2.600 pessoas. Passou também pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (FCMMG) e pelo Hospital Lifecenter. Outros locais na capital mineira receberão as peças até o mês de junho de 2019.

‘Arterial’ fica em exposição durante todo os meses de dezembro e janeiro. Ao final do circuito itinerante, as obras serão comercializadas em um leilão beneficente. O Espaço Cultural Otto Cirne, funciona de 8h às 21h, de segunda a sábado, está localizado no hall de entrada da AMMG e é destinado à exposição de obras de arte de autoria de associados e seus dependentes. Médicos não associados e artistas não médicos podem utilizar o espaço, dependendo da disponibilidade na agenda. Interessados devem entrar em contato com a Assessoria de Comunicação, pelo telefone (31) 3247 1608 ou e-mail comunicacao@ammg.org.br.

Serviços

A cada mês, o Espaço Cultural Otto Cirne abriga uma exposição de arte.

OndeO Espaço Cultural Otto Cirne está localizado no hall de entrada da Associação Médica de Minas Gerais, na Av. João Pinheiro, 161, Centro – Belo Horizonte.
Horário de Visitação8h às 21h
ExposiçõesSão aceitas obras de arte de médicos associados e seus dependentes. Médicos não associados e artistas não médicos podem utilizar o espaço, dependendo da disponibilidade na agenda.
Mais informaçõescomunicacao@ammg.org.br / (31) 3247-1608

Agenda dos expositores
Mês
Artista
JaneiroArterial (Geraldo Lustosa)
FevereiroDaniel do Carmo
MarçoBrunno Coura
AbrilLourdes Cesar Drumond Silva
MaioAmélia Dolabela de Siqueira
JunhoConcurso de fotografias
JulhoGabriel Ferreira
AgostoPatrícia Calmon
SetembroJoilson
OutubroDr. Marcone
NovembroDr. Wallace Alves
DezembroÂngela Rosa