login
Primeiro acesso? Clique aqui

Este site foi desenvolvido com tecnologias avançadas para
lhe proporcionar uma experiência incrível.
Infelizmente, este navegador não é suportado

Sugerimos que você use o
Google Chrome para melhores resultados.

Participe dessa campanha

30 de setembro de 2022

 

Sociedade Brasileira de Mastologia – Regional Minas Gerais lança Campanha 2022 para combater índice alarmante de casos registrados durante pandemia

 

A Sociedade Brasileira de Mastologia – Regional Minas Gerais (SBMMG) e a Associação Médica de Minas Gerais (AMMG) investem na campanha ‘Outubro Rosa’ 2022 com atenção e preocupação no alarmante crescimento de casos, em decorrência da pandemia. O mote ‘Quanto antes melhor – seguimos juntos contra o câncer de mama’ foca na conscientização fundamental da população sobre a importância do autocuidado, do diagnóstico precoce e realização de exames preventivos, além das consultas regulares ao mastologista.

A presidente da SBM MG, Annamaria Massahud, alerta sobre os dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). A estimativa está em 66.280 novos casos de câncer de mama, ao ano, cerca de 61,61 casos novos a cada cem mil brasileiras.

Ela explica que os maiores aliados na luta contra o tumor ainda continuam sendo a identificação precoce e o rastreamento. “A cura é mais possível em uma doença localizada que uma avançada. É crucial mulheres e profissionais de saúde estarem atentos para identificar os sinais e sintomas suspeitos. A recomendação é iniciar o tratamento imediato, cirurgia ou medicação, tão logo seja feito o diagnóstico”, observa.

 

Redes de apoio

A professora mineira Vânia Rezende foi diagnosticada com câncer de mama, em 2018. “Me apeguei à Deus e à minha família, pois tinha muito medo de morrer. Fiz a cirurgia de remoção e, após 15 dias, começaram as sessões de quimioterapia. Encarar com leveza a quimioterapia foi a melhor alternativa que encontrei. Resolvi fazer do momento uma brincadeira. Usei e abusei dos lenços, das perucas, dos brincos, fiz tudo para me manter feliz e não peguei licença médica da sala de aula. Eu via nos meus amigos, na minha família e no meu trabalho a vontade de continuar viva”, conta.  Ela fez quimio e radioterapia e, hoje, segue com o monitoramento.

A neurocientista e psicanalista Ângela Mathylde Soares explica que a base para qualquer tratamento, mas, em especial, os cancerígenos, consiste no suporte familiar. “Por isso, é fundamental, não apenas cuidar da saúde, mas das relações interpessoais. Já que assim, a paciente encontra maior motivação para concluir o tratamento”, explica.

 

Ações

A SBM MG sempre preconiza começar o tratamento imediatamente, potencializando a sobrevida e chances de cura. A proposta é focar na prevenção e não na doença e, por isso, fomentará diversas ações, sendo algumas presenciais, neste ano. “A Corrida e Caminhada Outubro Rosa será uma parceria com o Instituto Mário Penna, evento gratuito, cuja concentração será na Praça Nova - Pampulha, no dia 1º de Outubro, às 8h, envolvendo 1.500 atletas”, cita a presidente.

As modalidades incluem corridas de 10 KM, 5 KM e 2 KM. “O cronograma apresenta a abertura da arena, às 7h, alongamento, às 7h50, largada das corridas e caminhadas, às 8h, seguias do início do show, às 8h40, premiações e sorteios, a partir das 10h40”, destaca.

Os internautas também poderão acompanhar as ações da Campanha nas redes oficiais da SBM MG, com o mote ‘Mude um Hábito’. Annamaria observa que o ambiente digital é uma importante ferramenta de conscientização, disseminando conteúdo a uma velocidade ímpar. “O objetivo é utilizar esse espaço para disseminar o autocuidado, incentivando as pessoas a buscarem suas melhores versões, por meio de uma dieta equilibrada, da prática de exercícios físicos e do combate ao tabagismo e ao alcoolismo, por exemplo, imprescindíveis para a prevenção do câncer de mama e de diversas doenças”, defende a médica.

A SBM MG também terá parceria com a Associação Médica de Minas Gerais (AMMG) para iluminar a fachada em cor rosa, vestindo a camisa, literalmente, durante todo o mês. As ações também contam com o PodCast Agendar; a criação de uma página virtual abrigando um acervo de artigos relacionados à mastologia; o apoio institucional à Caminhada Rosa da Ação Solidária às Pessoas com Câncer (Aspec), na Praça JK e o evento Pérolas de Minas, em 24 de outubro, às 19h, na entidade, direcionado ao público leigo.

“A luta contra o câncer de mama é de todos e a informação é a principal arma nesse combate, sendo fundamental o engajamento social, participação dos movimentos, compartilhamento de informações e mudança para hábitos saudáveis, pois, quando uma paciente é curada, todo um coletivo se beneficia”, avalia a presidente.

 

Fonte: Zoom Comunicação

X