login
Primeiro acesso? Clique aqui

Este site foi desenvolvido com tecnologias avançadas para
lhe proporcionar uma experiência incrível.
Infelizmente, este navegador não é suportado

Sugerimos que você use o
Google Chrome para melhores resultados.

Devoção e Arte em exposição

4 de abril de 2022

Exposição Devoção e Arte, com o oftalmologista e artesão Ricardo Campolina

Local: Espaço Cultural Otto Cirne, no Centro de Convenções e Eventos da AMMG. Av. João Pinheiro, 161, Centro, BH.

Data: Durante todo mês de abril

Horário: 8h as 21h, de segunda-feira a sábado. Entrada Gratuita.

 

Dia quatro de abril tem início a exposição ‘Devoção e arte’, do médico oftalmologista e artesão Ricardo Campolina. Serão ao todo, 25 obras que reúnem imagens de resina de santos católicos num trabalho minucioso, que ficam expostas até o final do mês no Espaço Cultural Otto Cirne, no Centro de Convenções e Eventos da Associação Médica de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Para as vestes, Campolina usa tecidos variados e enfeites, como paetês, miçangas, contas e outros materiais. O médico explica que compra as imagens em vários lugares que viaja por Minas, todas no estilo Barroco. Ele também adquiri em países do exterior peças que tenham alguma aproximação com o tema.

Em um ateliê improvisado, em sua casa, vários santos são encontrados como Nossa Senhoras da Rosa Mística, Sagrado Coração de Maria, Santana, Nossa Senhora da Conceição, Santa Teresinha, dentre outros.

A paixão começou há pelo menos 20 anos. Autodidata, sempre levou a sério o trabalho de observação para poder extrair desses santos, já tão bem representados por outros artistas, um olhar de amor e devoção, que sempre fizeram parte de seu universo, desde criança.

Trabalhos de artistas locais das cidades de São João Del Rey, Tiradentes e outras de Minas Gerais inspiram o oftalmologista que tem a arte como uma forma de se conectar com o Divino.  “Qualquer situação, viagem ou passeio é uma desculpa para conseguir novos tecidos e adornos para enfeitar as imagens.”

As produções levam em média uma semana, podendo se estender mais e ocupam as horas vagas do médico, noites fins de semana e feriados. Ambas as profissões, para Campolina são uma arte que requerem devoção, criação, oração e trabalho com as mãos e o coração.

Expondo pela primeira vez na AMMG, ele espera que a mostra surpreenda os visitantes. “É um trabalho que não usa as cores tradicionais de cada santo. Uso tons fortes e vivos em várias imagens. As peças sacras estarão vestidas para brilhar e trazer muita emoção.”

Os quadros se assemelham a oratórios e em cada imagem há uma releitura semelhante a um oratório. Em cada imagem uma releitura, uma elevação do sagrado e, sobretudo, o mesmo olhar de respeito e amor a santos de tanta devoção de milhares de mineiros e de pessoas em todo o Brasil. As obras serão comercializadas.

Médicos não associados e artistas não médicos podem utilizar o espaço, dependendo da disponibilidade na agenda. Interessados devem entrar em contato com a Assessoria de Comunicação, pelo telefone (31) 3247 1608 ou e-mail comunicacao@ammg.org.br.

 

ENTREVISTAS E INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA:

Assessoria de Imprensa da AMMG

Nétali Leite / Renata Clímaco

(31) 99957 9477/ 98446 1312/99967 0199

imprensa@ammgmail.org.br

 

 

X