login
Primeiro acesso? Clique aqui

Este site foi desenvolvido com tecnologias avançadas para
lhe proporcionar uma experiência incrível.
Infelizmente, este navegador não é suportado

Sugerimos que você use o
Google Chrome para melhores resultados.

Estúdio debate vacinas

8 de abril de 2020

O Estúdio AMMG realizado dia oito de abril teve como tema a 'Importância da Vacinação em Época de Pandemia'. Os diretores da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), Agnaldo Soares Lima e Luciana Costa receberam as especialistas Maria Aparecida Camargos Bicalho e Paula Fernandes Távora.

Távora explicou que vacina não é remédio e que é oferecida como forma de administração para estimular as celular na produção de anticorpos. “Assim, em um segundo momento, em contato com o organismo ocorre a proteção.” Bicalho reforça a importância dos idosos e pacientes crônicos neste processo, já que há uma resposta imunológica menor nesses casos.

Este ano, o Ministério da Saúde (MS) antecipou o início da campanha, de abril para março. Para as especialistas uma medida bastante assertiva. “A decisão permite uma maior proteção, de forma antecipada, aos públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe", atesta Távora. Ela esclarece que a vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para Coronavírus, já que os sintomas são parecidos.

No casos dos idosos e pacientes crônicos a proteção contra a gripe vai contribuir no combate às complicações das doenças como a pneumonia e reduzir a hospitalização e a sobrecarga das unidades hospitalares, acrescenta Bicalho.

Távora acredita que a vacina referente ao Coronavírus ainda deve levar algum tempo, mas afirmou que existe um esforço para a inclusão de mais vacinas , iniciando sempre pelas pontas e com proposta de atender também adolescentes e adultos. Para este ano, a expectativa é atingir 95% de cobertura na Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, com as doses  disponibilizadas pelo Programa Nacional de Imunização.

Bicalho alerta para o cuidado com os idosos e reforça: "a vacina não provoca gripe de forma alguma". Ela complementa que vacina está relacionada a solidariedade “quando eu vacino uma pessoa eu estou beneficiando além desta pessoa”.  Ela também destaca o cuidados com as viagens e a necessidade de consultar o calendário internacional de vacinação para todos os viajantes.

Para assistir ao Estúdio AMMG: https://youtu.be/TXIsn49H2kw