login
Primeiro acesso? Clique aqui

Este site foi desenvolvido com tecnologias avançadas para
lhe proporcionar uma experiência incrível.
Infelizmente, este navegador não é suportado

Sugerimos que você use o
Google Chrome para melhores resultados.

Novos voluntários

A Sociedade Mineira de Terapia Intensiva (Somiti) e a e a Associação Brasileira de Medicina de Emergência - Regional Minas Gerais (Abramede-MG) recebem os novos voluntários e integrantes da Ligami. O encontro é na sede da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), dia 12 de março, às 17h.

Inicialmente, a vice-presidente da Abramede MG e diretora da AMMG, Maria Aparecida Braga, fará uma apresentação. Na sequência, haverá um treinamento para os participantes. Segundo Braga, o voluntariado visa uma aproximação com os profissionais. Consequentemente contribui para sua formação e a comunidade.  Assim eles podem multiplicar informações e saber como agir. Seja diante de uma vítima de parada cardiorrespiratória ou em outra situação de emergência.

O presidente da Somiti, Hugo Urbano, ressalta que o trabalho de voluntariado vai ao encontro de diversas ações desenvolvidas pelas Somiti e Abramede MG. Ele cita o ‘Projeto Salve Vidas’, simulados de trânsito, incêndio e desabamentos, atuação na comissão organizadoras de eventos, dentre outras atividades. Urbano valoriza, ainda, a parceria com a Sociedade de Acadêmicos de Medicina de Minas Gerais (Sammg). Para o presidente da Sammg, Henrique Baldanza, “uma oportunidade de aprendizado para os estudantes de todos os períodos”.  

Alguns projetos com a participação de voluntários

1) Projeto Salve Vidas: ensina sobre os fundamentos do atendimento à parada cardiorrespiratória. Inclui o reconhecimento precoce e a importância da RCP.  Triplica a chance de sobrevida da vítima;

2) Simulados: orienta sobre a prevenção de acidentes como de trânsito e incêndios. Ensina população e profissionais sobre como agir diante de uma situação de emergência.

3) UTI na Praça: instrui a comunidade sobre as principais situações de emergência. Ensina a realização da RCP utilizando apenas as mãos.

4) Comissões organizadoras de eventos: possibilita a participação e acesso completo às atividades científicas das Sociedades. Agrega conhecimentos, experiências, além da certificação em cada atividade.

5) Doe Vida: reforça a importância do abastecimento do banco de sangue para servir à emergência e salvar vidas.

Saiba mais

Conheça as entidades: Abramede MG e Somiti

 

Voluntários participam de simulado de incêndio na AMMG (2018) - Foto: Clóvis Campos/AMMG