login
Primeiro acesso? Clique aqui

Este site foi desenvolvido com tecnologias avançadas para
lhe proporcionar uma experiência incrível.
Infelizmente, este navegador não é suportado

Sugerimos que você use o
Google Chrome para melhores resultados.

Definida agenda científica

12 de março de 2019

Na noite do dia 11 de março, o diretor científico da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), Agnaldo Soares Lima, recebeu presidentes e diretores das sociedades de especialidades. O encontro, realizado no Teatro Oromar Moreira, sede da entidade, teve como objetivo definir a agenda científica de 2019.

O evento foi aberto por Lima que apresentou as ações do Setor Científico da AMMG. As ferramentas disponíveis para os médicos associados em suas respectivas especialidades também foram contempladas. Segundo ele, facilidades para atualização estão disponíveis há tempos. Contudo alguns colegas ainda não utilizam. Como exemplo, citou o projeto Reviews – vídeo aulas de 15 minutos veiculadas no Workplace.

O diretor científico explicou que é mais ágil e, por vezes, mais eficaz, condensar um tema em vídeo e, assim, atingir um maior número de estudantes e profissionais de medicina. “É menos trabalhoso organizar um Review do que uma reunião”, frisa. O Estúdio AMMG, veiculado no Workplace e Facebook, conforme ele, também tem um bom alcance de público, ao contrário de alguns eventos que costumam atrair somente quando valem pontos.

A presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Minas Gerais, Rachel Guerra de Castro, contou estar encantada com as possibilidades: “O Workplace é brilhante na aproximação com o médico, o que é uma grande preocupação da dermatologia”, diz. A presidente da Sociedade Mineira de Anestesiologia, Cláudia Helena Ribeiro da Silva, destacou a importância do que acontece online. “Nosso sócio não quer sair de casa e é um esforço enorme para conseguirmos isto. O que vemos é que as transmissões estão sendo cada vez mais assistidas.”

A diretora científica adjunta da AMMG, Luciana Costa, falou da necessidade de atrair, não apenas o público leigo, mas os médicos para projetos como o Terça Cultural: “Queremos temas que gerem interesse da classe médica”. Ela esclareceu que, por meio das ferramentas online é possível alcançar ainda o médico do interior.

Costa e Lima ofereceram espaço aos presentes para que enviem propostas e temas que possam ser debatidos tanto nas Reuniões Multidisciplinares – encontros mensais que reúnem várias especialidades e outros profissionais da área de saúde – quanto nas demais ferramentas. As sugestões podem ser encaminhadas à coordenação do Setor Científico pelo e-mail seaci@ammgmail.org.br.

Fotos: Nétali Leite

O diretor científico da AMMG e a diretora científica adjunta, Agnaldo Soares Lima e Luciana Costa, respectivamente, ofereceram espaço aos presentes para que enviem sugestões