login
Primeiro acesso? Clique aqui

Este site foi desenvolvido com tecnologias avançadas para
lhe proporcionar uma experiência incrível.
Infelizmente, este navegador não é suportado

Sugerimos que você use o
Google Chrome para melhores resultados.

Inteligência Financeira

29 de abril de 2021

AMMG Cultural debate Inteligência Financeira

Especialista orienta profissionais de saúde sobre como administrar os seus recursos e se planejar para o futuro

Como anda a sua saúde financeira? Muitos médicos nunca se fizeram esta pergunta e a consultora financeira Patrícia Cardoso responderá dia 5 de maio, às 19h30, no AMMG Cultural. Mediado pelos diretores da AMMG de Promoções Culturais, Walnéia Moreira, e do Interior, Lincoln Lopes Ferreira, a edição do programa, com o tema ‘Inteligência Financeira’, levará aos profissionais de sáude informações sobre como administrar recursos e se planejar para o futuro.

Com a experiência em palestras, consultorias, colunista da rádio CDL FM 102,9 com o programa 'Liberdade Financeira' e especialista em finanças comportamentais, Patrícia Cardoso considera que os profissionais da área da saúde, especialmente os médicos, são os que mais sofrem com a falta de planejamento em suas finanças. “Normalmente, eles iniciam a carreira com rendimentos altos. Trabalham muito, com plantões, e ficam sem tempo para organizarem seu faturamento.”

De acordo com Cardoso, grande parte dos médicos, depois que começa a ganhar dinheiro, também aumenta o padrão de vida, mas sem pensar no dia de amanhã. “Isto requer o maior cuidado! Se você ganha 5 mil, você tem um padrão de 5 mil. Se passa a ganhar 10 mil, passar a viver com padrão de 10 mil. Se não é criada uma reserva, o médico é obrigado a trabalhar até depois dos 70 anos para manter aquele nível e nada guarda para uma aposentadoria, o que costumo chamar de ‘liberdade financeira’”. A consultora esclarece que o ideal é ter uma visão a longo prazo e não visão imediatista para poder aproveitar o futuro com família.

Introduzindo o tema empreendedorismo em evento anterior, Walnéia Moreira já indicava aos colegas médicos a necessidade do planejamento como algo para toda a vida. Lincoln Lopes Ferreira avalia que as temáticas se complementam na medida em que para manter-se um negócio é necessário um bom plano para o futuro: “Precisamos ensinar ao jovem médico, por exemplo, a se prevenir desde agora, a pensar no que terá quando envelhecer”, explica. Para Ferreira a medicina é complexa, de curto e médio prazo e, por isto, a tendência é a classe não se planejar com a aposentadoria. “Educação financeira é primordial”, conclui.

Inscreva-se clicando aqui!