Prevenção da cegueira

00abril marromA Sociedade Mineira de Oftalmologia alerta para o diagnóstico, tratamento precoce e reabilitação referentes a prevenção da cegueira. A entidade também convida médicos e população para conhecer o ‘Abril Marrom’, campanha que conscientiza sobre o tema.

Atualmente no Brasil, conforme publicou o site da Campanha (www.abrilmarrom.com.br), há mais de 1,2 milhão de cegos (visão corrigida igual ou inferior a 20%, cegueira legal). A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que entre 60% e 80% dos casos de cegueira poderiam ser evitados ou tratados. Isso significa que aproximadamente 700 mil brasileiros com cegueira poderiam estar enxergando se tivessem recebido tratamento adequado e em tempo adequado. Mas para que isto aconteça o acesso ao atendimento médico oftalmológico é decisivo para alterar as condições de saúde ocular. Segundo os dados, em 2020 existirão no mundo 75 milhões de pessoas cegas e mais de 225 milhões de portadores de baixa visão (Visão corrigida entre 20-60%), sendo que 90% dessas pessoas são habitantes dos países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento, como é o caso do Brasil. A orientação dos especialistas é de que, mesmo quem não tenha doenças oculares ou não use óculos, deve visitar o oftalmologista e fazer exames de vista, pelo menos, anualmente.

Segundo pesquisa do IBGE, 80% dos 24,6 milhões de pessoas que possuem alguma deficiência, no Brasil, são cegas ou possuem baixa visão. Procedimentos como exames clínicos e aferição de pressão intraocular podem detectar eventuais alterações da visão.

Fonte: www.abrilmarrom.com.br