Consulta Pública: PLS 168/2012

POR QUE SÓ COM MÉDICOS?

Esteve em debate na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), nesta quarta-feira (19), o serviço civil obrigatório para médicos. O tema despertou posições controversas na reunião, tanto dos palestrantes, quanto dos internautas que participaram pelos canais de interação do Senado. Presidida pelo senador Cristovam Buarque (PPS-DF), a audiência debateu o conteúdo do Projeto de Lei do Senado (PLS) 168/2012, de autoria do senador.
O projeto determina que o médico recém-formado em universidade pública ou privada com financiamento público terá que prestar, durante dois anos, serviços na especialidade médica que escolheu em municípios com menos de 30 mil habitantes ou em comunidades carentes de regiões metropolitanas.
O PLS está em consulta pública e mais de 4,5 mil pessoas já opinaram por meio do portal e-Cidadania. A maioria – 3,6 mil – é contra a proposta, enquanto 830 apoiam a ideia.
Vote contra o PLS 168/2012 em: http://bit.ly/senado_consultapublica_pls168_2012

Porque votar contra:
– Isto acrescentaria mais dois anos na formação dos médicos, antes de fazerem a sua especialização. Isto sem contar com o tempo daqueles que cumprem o serviço militar após a sua graduação.
– A grande maioria dos médicos atua no SUS.
– Cobrar função social do médico é preconceito e perseguição pois é um dos profissionais que mais atuam pela sociedade.
– A solução para o atendimento às comunidades mais longínquas é a Carreira de Médica de Estado e a infraestrutura adequada nas comunidades.